Benefícios da beldroega para a saúde e como usar

Benefícios da beldroega para a saúde e como usar essa PANC.

A beldroega (Portulaca oleracea) é uma planta alimentícia não convencional (PANC) que apresenta diversos usos, devido às suas propriedades nutricionais e medicinais.

Conhecer o universo das plantas medicinais a fundo é uma missão complicada, não é mesmo? Afinal, existem inúmeros tipos e espécies (com propriedades distintas) que podemos consumir no dia a dia. A beldroega (ou caaponga – nomenclatura tupi), por exemplo, é uma planta rasteira e comestível, muito encontrada em solos de todo o Brasil. Quer aprender mais sobre ela? Fizemos uma lista com os principais benefícios da beldroega e seus usos na cozinha. Confira!

Beldroega tem alto teor de ômega 3

Por ter alto teor de ômega 3 (gordura “do bem”) em sua composição, a beldroega é muito indicada para controlar os níveis de colesterol e garantir o bom funcionamento do sistema circulatório. Além disso, esse ácido graxo cumpre função importante no cérebro, pois ajuda na transmissão de impulsos nervosos e garante um bom funcionamento cognitivo. Interessante, né?

É fonte das vitaminas A, B, C e antioxidantes

Pertencente ao grupo dos micronutrientes, as vitaminas são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo e devem fazer parte da alimentação de todos. Ao mesmo tempo, a beldroega fornece vitaminas A, C e do complexo B, que fortalecem a imunidade (prevenindo gripes e resfriados), o sistema nervoso e cardiovascular. As vitaminas A e C, em especial, atuam como antioxidantes – ou seja, combatem a ação dos radicais livres, protegendo a estrutura das células. Leia também: Benefícios do chá de alecrim com açafrão.

Planta é rica em cálcio, ferro, potássio e magnésio

Assim como as vitaminas, os minerais também são indispensáveis em qualquer dieta. Contudo, a beldroega fornece cálcio – importante para a formação e fortalecimento dos ossos e dentes; ferro – responsável pelo transporte de oxigênio entre as células; potássio – indispensável para a saúde dos músculos, ossos e do sistema cardiovascular; magnésio – importante para o transporte de energia e funcionamento dos hormônios. A nossa dica é consumir a beldroega por meio de chás, sucos e smoothies para manter o organismo devidamente abastecido de minerais.

Tem propriedades diuréticas, analgésicas e anti-inflamatórias

Assim como todas as plantas medicinais, a beldroega possui propriedades terapêuticas que podem ser úteis em diversos momentos. Ela atua, por exemplo, como diurético natural, eliminando as toxinas dos rins e garantindo a limpeza do organismo. Por isso, inclusive, essa planta é muito indicada para compor receitas detox.

Além disso, a beldroega tem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, sendo muito indicada para amenizar dores e até tratar picadas de inseto – neste caso, costuma-se preparar um cataplasma com a planta para tratar a ferida.

beldroega benefícios

Como usar beldroega

Quer saber como utilizar a beldroega para aproveitar todos os benefícios que essa planta tem a oferecer? Veja seus principais usos a seguir:

Culinária

Na culinária brasileira, a beldroega é ainda pouco explorada, por ser uma PANC (planta alimentícia não convencional). Além disso, ela é um ingrediente muito versátil e pode ser consumida de diversas formas, como em massas, saladas, farofas, sopas, caldos, refogados e sucos.

Chás

Como já vimos, a planta traz muitos benefícios para a saúde. Portanto, suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias podem ser aproveitadas com o consumo do chá de beldroega. Para isso, basta fazer uma infusão de 50 g a 100 g da erva em 1 litro de água.

Uso medicinal

Na medicina popular, faz-se uso tópico da beldroega para o tratamento de queimaduras, inflamações, acne e picadas de insetos. Além disso, o suco das folhas também é utilizado contra a queda de cabelo.

Quanta versatilidade, não é mesmo? Na sequência, veja mais curiosidades sobre essa planta que nasce e se alastra facilmente em quintais e em terrenos baldios.

Beldroega como identificar

Esse vídeo traz dicas bem bacanas para diferenciar a beldroega tradicional de outras duas espécies – a onze-horas e a Portucala umbraticola. Veja como identificá-las pelas características das folhas e das flores e, de quebra, aprenda a cuidar dessas lindas plantas!

Tabela de informação nutricional

A beldroega é uma planta muito rica em nutrientes, como se pode ver na tabela nutricional:

Quantidade por 100 g de beldroega
Energia: 16 calorias
Proteínas:1,3 g
Carboidratos:3,4 g
Gorduras:0,1 g
Vitamina A:1320 UI
Vitamina C:21 mg
Sódio:45 mg
Potássio:494 mg
Cálcio:65 mg
Ferro:0,113 mg
Magnésio:68 mg
Fósforo:44 mg
Zinco:0,17 mg

Contraindicações

A saber, por ser rica em ácido oxálico, a beldroega deve ser evitada por pessoas que têm ou que já tiveram pedras nos rins, e o seu consumo excessivo pode causar problemas intestinais como dores e enjoos.